Ginástica de Aparelhos

Ginástica de Aparelhos

APARELHOS DE GINÁSTICA

SALTOS NO MINITRAMPOLIM

 

1º fase: corrida de balanço      2ºfase: pré-chamada      3º fase: chamada       4º fase: salto      5º fase: receção

 

SALTO EM EXTENSÃO (VELA)

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Contacto com a lona feito no meio da mesma e com os dois pés em simultâneo;

3. Salto em extensão com os membros inferiores unidos e em extensão;

4. Receção no solo com uma ligeira flexão das pernas, terminando com o corpo em extensão total e em equilíbrio.

 

 

SALTO ENGRUPADO

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Contacto com a lona feito no meio da mesma e com os dois pés em simultâneo;

3. Salto em extensão, seguido de grande flexão dos membros inferiores;

4. Membros superiores descem pelo lado do corpo, tocando nos membros inferiores, junto aos joelhos;

5. Extensão do corpo na fase descendente;

6. Receção no solo com uma ligeira flexão das pernas, terminando com o corpo em extensão total e em equilíbrio.

 

 

SALTO ENCARPADO

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Contacto com a lona feito no meio da mesma e com os dois pés em simultâneo;

3. Salto em extensão, seguido de um afastamento dos membros inferiores (tocar com as mãos nos pés);

4. Inclinar ligeiramente o corpo à frente;

5. Receção no solo com uma ligeira flexão das pernas, terminando com o corpo em extensão total e em equilíbrio.

 

 

 

SALTOS NO PLINTO E BOQUE

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Realiza chamada no trampolim com impulsão simultânea dos membros inferiores;

3. Transpõe o aparelho, com a bacia acima da linha dos ombros e os membros inferiores acentuadamente afastados e estendidos, olhando em frente;

4. Receção equilibrada.

 

 

 

SALTO ENTRE MÃOS NO PLINTO                    SALTO ENTRE MÃOS NO BOQUE

 

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Realiza chamada no trampolim com impulsão simultânea dos membros inferiores;

3. Transpõe o aparelho, com os joelhos junto ao peito e olhar em frente;

4. Receção equilibrada.

 

 

             SALTO DE EIXO NO PLINTO                            SALTO DE EIXO NO BOQUE

    

Componentes críticas:

1. Corrida de balanço retilínea e acelerada, coordenada com a chamada;

2. Realiza chamada no trampolim com impulsão simultânea dos membros inferiores;

3. Transpõe o aparelho, com a bacia acima da linha dos ombros e os membros inferiores acentuadamente afastados e estendidos, olhando em frente;

4. Receção equilibrada.

 

 

DESLOCAMENTOS NA TRAVE DE EQUILÍBRIO

Componentes críticas:

1. Olhar dirigido para a frente;

2. Corpo em alinhamento e em extensão;

3. Braços em elevação lateral;

4. Pés apoiados no terço anterior.